• Fábio Henrique Araújo

Saúde 4.0 News - edição #76

Resumo semanal de notícias sobre Tecnologia, Inovação e Gestão na Saúde 4.0






1) Senai inaugura instituto de inovação em saúde em Salvador


De acordo com a Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), desde o início da pandemia do novo coronavírus, o instituto do Cimatec vem atuando para apoiar o Sistema Único de Saúde (SUS), a iniciativa privada e a sociedade em diversas ações. Entre elas estão, por exemplo, o desenvolvimento de túneis de desinfecção, bolha de contenção, produção e envase de álcool glicerinado 80%, realização de testes para detecção de covid-19 e desenvolvimento de tecnologias estratégicas para controle da pandemia.


O Instituto Senai de Sistemas Avançados de Saúde ocupa o andar inteiro de um dos prédios do campus em Salvador e está equipado com laboratórios de alta tecnologia. Segundo a Fieb, ele já vem atuando na realização de testes para diagnóstico de covid-19, além de atuar no desenvolvimento de vacinas, medicamentos biológicos, produtos de terapia celular, dispositivos médicos, estudos clínicos e diversas outras frentes. (...) (Fonte: Isto É Dinheiro)




2) Alunos faturam torneio de robótica com projeto que evita transmissão da Covid-19 nos banheiros


Um grupo de oito estudantes de Birigui (SP) conquistou o primeiro lugar no Torneio do Seside Robótica com um projeto que pretende evitar a transmissão do coronavírus em banheiros. Os alunos, com idades entre 13 e 16 anos, desenvolveram o projeto que se chama freetoilet, um filtro sanitizante para vaso sanitário capaz de eliminar, em menos de um minuto, 99,99% do vírus presente em fezes e urina de pessoas.


De acordo com a equipe, a eficácia do produto foi atestada de acordo com laudo emitido pelo instituto de biologia da Unicamp. Com esse projeto a equipe ganhou em primeiro um torneio nacional de robótica. Os estudantes concorreram com 400 equipes e quase 2 mil estudantes de escolas públicas e privadas de todo o Brasil. O produto é simples e é colocado no vaso sanitário, que pode eliminar o vírus presente em fezes e urina. Pelo computador, eles criaram o filtro sanitizante e, com ajuda de uma impressora 3D, criaram o protótipo. (...) (Fonte: G1)




3) Novos lasers que disparam feixes terahertz podem impulsionar imagens médicas


Os lasers compactos baseados em chip conquistaram grande parte do espectro eletromagnético, do ultravioleta ao infravermelho, possibilitando tecnologias de comunicações digitais e leitores de código de barras a ponteiros e impressoras a laser. Mas uma região importante do espectro permaneceu indomada: a banda terahertz, que fica entre a luz infravermelha e as micro-ondas. Os engenheiros ansiavam por uma fonte pronta de radiação terahertz, que pudesse penetrar em objetos opacos e sondar impressões digitais químicas em seu interior. Mas os lasers compactos de terahertz só funcionaram em temperaturas ultrabaixas, limitando-os principalmente a ambientes de laboratório.


Na edição de hoje da Nature Photonics , os pesquisadores relatam a criação de um laser terahertz do tamanho de um grão de arroz em um chip que opera a 250 K, ou -23 ° C, ao alcance de um cooler plug-in do tamanho de um disco de hóquei. “Esta é uma grande conquista”, disse Miriam Vitiello, física da matéria condensada do Conselho Nacional de Pesquisa do Instituto de Nanociências da Itália. “É uma meta de longo prazo na comunidade aumentar a temperatura dos lasers terahertz”, acrescenta ela. “Agora há uma infinidade de aplicações que podem ser feitas”, desde imagens médicas até detecção de explosivos em aeroportos. (...) (Fonte: Science)

25 visualizações

©2019 Todos os direitos reservados. Consultório 4.0