• Fábio Henrique Araújo

Saúde 4.0 News - edição #56

Resumo semanal de notícias sobre Tecnologia, Inovação e Gestão na Saúde 4.0






1) Startup espanhola desenvolve dispositivo para monitorar pets a distância


A startup espanhola Dinbeat, especializada no desenvolvimento de produtos inovadores e tecnológicos para o setor de animais de estimação, encerrou com sucesso sua segunda rodada de investimentos de €500K. A rodada de financiamento foi liderada por parceiros atuais, investidores da Rede IESE Business Angels, Afintia, Accelgrow, profissionais veterinários e outros business angels.


No ano passado, a startup de tecnologia para animais de estimação lançou o 'Dinbeat UNO', um dispositivo vestível para uso veterinário profissional que monitora sem fio a saúde dos animais de estimação em tempo real, coletando informações sobre eletrocardiograma, freqüência cardíaca, respiração por minuto e temperatura, entre outras métricas. Um dos principais valores agregados deste dispositivo é que ele permite que clínicas veterinárias monitorem animais não sedados.(...) (Fonte: EU Startups)




2) Metodologia BIM viabiliza meta de construção de hospital em 33 dias


As empresas Tecverde e Brasil ao Cubo se uniram para viabilizar a obra de um hospital permanente com 100 leitos em menos de 40 dias. Devido ao surto de Covid-19, as empresas têm o desafio de concluir a obra em um prazo recorde e para isso optaram pelo uso da metodologia BIM. O hospital irá atender a população da comunidade de M’boi Mirim em São Paulo.


O projeto foi pioneiro não apenas pela complexidade e agilidade, mas pelos processos e tecnologia aplicados na produção do mesmo. Desde 2015, a Tecverde usa o software Autodesk Revit para criação e produção de sistemas modulares. Hoje esse processo está muito mais sofisticado. A Tecverde chega a “descontruir” projetos elétricos e hidráulicos a fim de levantar dados detalhados de componentes para que o orçamento da obra seja feito com precisão e evite-se o desperdício. (...) (Fonte: CIO)




3) Google Maps dará alertas sobre COVID-19 em rotas e transporte público


Mais do que informar sobre o melhor caminho, o Google Maps assumiu a função de ajudar o usuário a se locomover com mais segurança nesta época de pandemia, seja com veículo próprio ou por meio de transporte público: a partir desta semana, os aplicativos do serviço para iPhone e Android darão avisos relacionados à COVID-19. O Google Maps já exibe informações a respeito da pandemia. Ao abrir o aplicativo, uma caixa com os dizeres “Coronavírus (COVID-19)” aparece na sequência. Tocando nela, é possível ter acesso a informações de prevenção e monitoramento.


Os alertas são diferentes, pois relacionam o percurso que o usuário precisa seguir com a COVID-19. Dependendo da região, o Google Maps poderá exibir alertas sobre serviços de transporte público parcial ou totalmente paralisados por causa da pandemia, bem como sobre vias que estão bloqueadas ou têm acesso restrito — para evitar congestionamentos próximos a hospitais, por exemplo. (...) (Fonte: Tecnoblog)

9 visualizações

©2019 Todos os direitos reservados. Consultório 4.0