• Fábio Henrique Araújo

Saúde 4.0 News - edição #55

Resumo semanal de notícias sobre Tecnologia, Inovação e Gestão na Saúde 4.0






1) Fleury desenvolve teste inédito para covid-19 usando proteína do vírus


O Fleury desenvolveu teste inédito para diagnóstico da covid-19 utilizando a proteína do vírus (a “casca” que o reveste). O exame mais comum, o RT-PCR, usa o RNA (uma parte do DNA) do novo coronavírus.


As vantagens desse novo tipo de teste — que é o primeiro no mundo — é que a maior parte dos insumos é nacional e a proteína é mais resistente à tempesistente à temperaturas elevadas. Vários exames de RT-PCR são perdidos porque o processo de armazenagem em baixas temperaturas e a logística são incorretos. Com a alta do dólar, o custo do exame RT-PCR deve sofrer elevação, uma vez que quase todos os insumos são importados.


Esse teste não será ofertado nas unidades do Fleury e nas cidades onde a rede de medicina diagnóstica presta serviços. O exame será encontrado apenas nos laboratórios, clínicas e hospitais nas praças onde o Fleury não tem presença. (...) (Fonte: Valor Econômico)




2) Brasil integra iniciativa de cooperação em tecnologia da OMS para combater Covid-19


O Brasil é um dos integrantes de uma iniciativa da Organização Mundial de Saúde (OMS) lançada nesta sexta-feira (29) para facilitar o acesso a tecnologia no combate da Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.


Uma das intenções do projeto é que, se algum governo ou empresa participante descobrir um medicamento para a doença, contribuam com a patente para que ela seja sub-licenciada a fabricantes de genéricos. Isso facilitaria, segundo a OMS, a fabricação e a distribuição dos medicamentos pelo mundo de forma mais igualitária. A embaixadora do Brasil na OMS, Maria Nazareth Farani Azevêdo, representou o país no lançamento. Ao todo, mais de 35 países estão participando (...) (Fonte: G1)




3) Stone compra Vitta e entra no mercado de saúde

A empresa de meios de pagamento Stone anunciou nesta terça-feira em sua divulgação de resultados a aquisição da startup de saúde Vitta. Com 160 funcionários e sede em São Paulo, a Vitta faz gestão de planos de saúde corporativos, além de oferecer planos próprios em parceria com seguradoras com foco no público empreendedor.


A Stone já usava os serviços de gestão de planos de saúde e telemedicina da Vitta, o Prime Care, para atender as demandas de saúde de seus milhares de colaboradores, mas, com a pandemia, estendeu o atendimento médico remoto, via telefone e WhatsApp 24 horas por dia, também a seus clientes, os mais de 500 mil comerciantes e prestadores de serviço que usam suas maquininhas de cartão. (...) (Fonte: JRS)



18 visualizações

©2019 Todos os direitos reservados. Consultório 4.0